domingo, 22 de agosto de 2010

Continuo.



depois de tanto tempo, continuo a pensar em ti e a imaginar secretamente o que sempre quis que tivéssemos mas nunca tivemos, o que quero mas que ainda não chegou a altura de ter, continuo agarrada ao passado, ao que vivemos os dois ou até ás coisas que fazia-mos os quatro... Continuo a fugir para o meu mundo imaginário quase a todas as horas, imaginando o teu regresso, a imaginar o que parece impossível.
Mas mesmo continuando "agarrada " a ti, finjo que não é o que se passa na realidade, pois eu sei que as pessoas que me rodeiam, precisam de me ouvir dizer "deixa"; "eu já não penso tanto nele", mas por vezes é mais forte que eu e quando me perguntam "se ele voltasse para cá,e te pedisse, tu voltavas a namorar com ele?" e ai a minha resposta é a mais sincera "sim, voltava ", mesmo tendo sofrido tanto, eu continuo a ama-lo, depois deste tempo todo, depois de tanto tempo sem noticias, sem receber uma única mensagem o sentimento continua cá a fazer-me desejar-te, mas sabendo que não te volto a ter, a desejar que voltes para a  minha vida, mas sabendo que provavelmente só daqui a muito tempo, faz-me esperar por uma mensagem ou chamada tua, mas sabendo que não vai chegar.... durante todo este tempo e mais a frente sei que o que tenho recebido e vou continuar a receber da parte dele foi e vai ser sempre desprezo :x


Olhando para tudo isto, vejo que a minha vida é feita de desejos, "desejar-te"de voltar  na minha vida e feita de continuar, "continuo" a ter-te na minha mente.


Mas mesmo sendo assim, sei que tenho de continuar a viver a minha vida, sem ti.


Como ela disse: " mas hoje restam apenas as recordações de algo que não volta ."
e o que vivemos, todos os momentos que passamos... agora são isso mesmo, recordações. :(

Sem comentários:

Enviar um comentário

*Escreve, quero saber o que me queres dizer.